Páginas

domingo, 1 de novembro de 2015

A bússola de ouro(1995) Philip Pullman(Editora objetiva, 368 páginas)






A Bússola de Ouro é um livro  de fantasia escrito por Philip Pullman, originalmente publicado em Julho de 1995, e o primeiro volume da série Fronteiras do universo. Lançado no Brasil pela editora objetiva com 368 páginas.

Minha opinião:
A heroína do livro é uma menina de 12 anos chamada Lyra. Esta jovem órfã vive sob os cuidados de estudiosos na Jordan College, em Oxford.
Ela está sempre acompanhada por seu daemon (demônio pronunciado) Pantalaimon, um animal do espírito de mudança de forma que encarna a alma dela.
Todos os seres humanos no mundo de Lyra, nós aprendemos, têm daemons que eventualmente assumir uma forma animal único, quando as crianças atingem a adolescência.
O livro envolve elementos de fantasia, como feiticeiras e ursos-polares falantes.
A linguagem em A Bússola de Ouro é destinada a um público mais jovem, mas muitos de seus temas e alusões são o suficiente para ser uma leitura para adultos.
A origem da alma e onde ela reside, a natureza corruptora do poder, a severidade sufocante de uma igreja poderosa. Uma citação “o paraíso perdido” precede o livro, e Milton é dificilmente considerada uma leitura infantil. Outro aspecto interessante da história é a sua resistência à categorização. Há almas corporais, ursos polares que falam bruxas que voam, mas também há cientistas que estudam, classificam e quantificam o seu universo. É uma mistura de fantasia e ficção científica muito suave.
Muitos acham a trilogia de Pullman uma antítese a trilogia as Crônicas de Nárnia com o seu teor a favor do cristianismo.
O livro é superior ao filme que por sua vez foi um fracasso de bilheteria. Isso acabou com qualquer possibilidade de um segundo filme.
Eu esperava que fosse mais uma estória boba, acabei me surpreendendo e adorei. Eu estou ansioso para ler a continuação “A faca sutil”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário