Páginas

segunda-feira, 6 de outubro de 2014

Entrevista com o vampiro(1976) - Anne Rice(Editora Rocco)




Entrevista com o Vampiro é o romance de estréia da escritora americana Anne Rice, publicado em 1976, baseado em um conto que ela escreveu por volta de 1968. Anne Rice escreveu o romance logo após a morte de sua filha Michelle, que serviu de inspiração para a personagem-vampira criança Claudia. Na época a recepção da crítica foi regular. O livro foi seguido por um grande número de sequências, conhecidas coletivamente como As Crônicas Vampirescas. A adaptação para o cinema foi em 1994, estrelado por Brad Pitt e Tom Cruise, e o romance foi adaptado como uma história em quadrinhos por três vezes.



Minha opinião:
Eu li esse livro a primeira vez na minha adolescência. Não foi o primeiro que li dessa escritora genial.Só que tudo começou nesse livro.A minha paixão pelo seu estilo e talento continua até os dias de hoje. Quando ele foi lançado em 1976 eu nem tinha nascido.
Tudo começa com um vampiro chamado Louis que conta sua história de vida de 200 anos a um repórter designado simplesmente como "o menino". Em 1791, Louis vive ao sul de Nova Orleans. Atormentado pela morte de seu irmão, ele busca a morte de qualquer maneira possível. Louis é abordado por um vampiro chamado Lestat que transforma Louis em vampiro e os dois se tornam companheiros imortais. E então a história começa...

Nunca outro personagem como Lestat personificará tão perfeitamente um vampiro. Anne Rice com esse romance inicia a saga das crônicas vampirescas.Comparar as outras versões do mesmo tema “vampíros” com a obra de Anne rice é o mesmo que comparar um Vinho francês da melhor safra com uma garrafa de pinga. Os seus vampiros tem alma,delicadesa e profundidade. A escrita de Anne é agradável e forte, seus imortais tem dúvidas profundas e existênciais.
Entrevista com o Vampiro rapidamente se tornou um clássico da literatura de vampiros. Não é difícil perceber porquê. Ao contrário vampiros que lemos nos romances de hoje, os vampiros neste livro são como deveriam ser: assutadores, monstruosos e perigosos.
Louis, o personagem-título, é um personagem maravilhoso e complexo. Sua luta com a culpa que ele sente em relação a seu desejo de matar, é fascinante. É uma viagem de Louis para encontrar um pouco de paz de espírito.
O problema é que Louis nunca pode fazer a escolha. Como um ser humano que ele sofria de terrível dor pela morte de seu irmão, e desejou a morte chegar para ele também. Um vampiro ouviu seus apelos e veio em seu auxílio. Como resultado Louis agora tem perguntas e uma angústia que não termina.
Seu criador vampiro, Lestat, é um dos meus personagens favoritos na literatura. Lestat é perfeito. Ele próprio é um andarilho confuso, lutando para encontrar companheiros para diminuir a sua dor e solidão. O fato de que o livro e sua história começa no século XVIII, e as formas de viajar o mundo em caixões em carruagens dos vampiros, é uma reminiscência dos antigos e originais contos de vampiros clássicos como Carmilla de Joseph Le Fanu ou Drácula de Bram Stoker. A história real é construída lá e a velha imagem de vampiros sendo criaturas aterrorizantes e da noite.
Em um mundo onde vampiros voltam para a escola para se novamente, é refrescante para revisitar uma história como Entrevista com o Vampiro, onde se aplicam regras vampirescas tradicionais. A luz solar pode matá-los. Eles matam pessoas. Uma excelente leitura. Tanta profundidade e personagens brilhantes. Um verdadeiro clássico.
Anne Rice já vendeu cerca de 100 milhões de cópias com todos os seus livros, tornando-a uma das ecritoras mais lidas na história moderna.

O Filme
 
Os direitos de filmagem de Entrevista foram adquiridos pela Paramount Pictures, Lorimar e Warner Bros antes The Geffen Film Company. Diretor Neil Jordan reescreveu primeiro rascunho do roteiro de Rice, embora ela recebeu crédito único. Brad Pitt estrelou como Louis, Tom Cruise estrelou como Lestat, Antonio Banderas co-estrelou como Armand, assim como uma jovem Kirsten Dunst como o vampiro criança Claudia. A produção dessas cenas foi colocado em espera por algumas semanas, enquanto River Phoenix, que havia sido escalado como o entrevistador, terminou de trabalhar no filme Dark Blood. Phoenix morreu de uma overdose no final desse mês, e Christian Slater foi então escalado como o entrevistador Molloy. Slater doou todo o seu salário para salvar a Terra e a Terra Trust, duas das instituições de caridade favoritas de Phoenix.
O filme foi lançado em novembro de 1994 a reação da crítica em geral foi positiva, e recebeu indicações ao Oscar de Melhor Direção de Arte e Melhor Trilha Sonora Original. Dunst foi indicado ao Globo de Ouro de Melhor Atriz Coadjuvante por seu papel no filme. Arroz tinha inicialmente expressou suas objeções para a escalação de Cruise como Lestat, preferindo Rutger Hauer para o papel. Depois de ver o filme, no entanto, ela expressou o seu apoio para o filme, dizendo: "Isso, Tom fez um bom trabalho, Lestat era algo que eu não podia ver em uma bola de cristal. Ele  provou que estava errada."
Em agosto de 2014, a Universal Pictures e Imagine Entertainment adquiriu os direitos cinematográficos para toda série Crônicas Vampirescas de Rice.
Em beve teremos uma nova versão cinematográfica.

Quadrinhos

Inovação Comics publicou um doze emitir adaptação em quadrinhos de Entrevista com o Vampiro, em 1992, seguindo-se em adaptações de O Vampiro Lestat e A Rainha dos Condenados. A adaptação do mangá japonês por Udou Shinohara foi publicado em 1994 por Tokuma Shoten. Também foi serializado em ambas Animage e Chara Comics revistas  Em 2012, a graphic novel Entrevista com o Vampiro.: A História de Claudia foi publicado pela Yen Press, recontando a maior parte do romance original, do ponto de vista do vampiro criança Claudia.

2 comentários:

  1. Oi, passeando pelo FB te encontrei . Queria te dizer que já estou seguindo o seu blog, bem como o compartilhei no G+. Também te adicionei no G+ e curti sua pg no FB. Seu blog é muito interessante. Belo trabalho!
    Quando puder dá uma passadinha no meu blog.
    Abraços
    www.fatoscuriososdahistoria.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também adorei o seu blog.Muito interessante e diferente da maioria dos blogs.
      Eu também estou te seguindo e curti sua pg no fb.

      abraço

      Excluir