Páginas

sexta-feira, 10 de outubro de 2014

A guerra dos tronos(1996) George R.R.Martin (Editora Leya Brasil)




O inverno está chegando…

A Guerra dos tronos de 1996 com 592 páginas é o primeiro romance de As Crônicas de Gelo e Fogo, uma série de romances de fantasia do autor americano George RR Martin.
No romance, contando os eventos a partir de vários pontos de vista.O romance tem inspirado diversas obras e vários jogos. É também a base para a primeira temporada de Game of Thrones, uma série de televisão da HBO, que estreou em abril de 2011



O livro apresenta a perspectiva de oito personagens principais. Os títulos dos capítulos do livro:

     Prólogo: Will, um homem da Patrulha da Noite.
     Lorde Edward "Ned" Stark, Protetor do Norte e Senhor de Winterfell, Mão do Rei.
     Lady Catelyn Stark, da Casa Tully, esposa de Eddard Stark.
     Sansa Stark, filha mais velha de Eddard e Catelyn Stark.
     Arya Stark, filha mais nova de Eddard e Catelyn Stark.
     Bran Stark, filho de sete anos de Eddard e Catelyn Stark.
     Jon Snow, filho bastardo de Eddard Stark.
     Tyrion Lannister, um anão, irmão dos gêmeos Rainha Cersei e Jaime, filho de Lorde Tywin Lannister.
     Princesa Daenerys Targaryen, Stormborn, a Princesa de Pedra do Dragão e herdeira do trono Targaryen depois de seu irmão mais velho Viserys Targaryen.

Minha opinião:

Duas famílias no centro das atenções em uma batalha pelo trono; os Stark e os Lannister.
A história em si é meio complicada e tediosa. Eu precisei prestar atenção ao que estava acontecendo e fui recompensado com uma estória bem escrita.
Tem diferentes casas e genealogia, nomes estranhos difíceis de lembrar,no final do livro tem algumas páginas dedicadas à cada casa e respectiva genealogias,brasões,lemas e um mapa de Westeros e os Sete Reinos.Muitas vezes consultei essas páginas para não me perder. O livro realmente se move a um ritmo bastante lento. Uma história muito complexa,e você praticamente precisa de um mapa e uma referência geneological para manter o controle de onde você está e com quem você está.
O que eu mais gostei neste livro, foi que você realmente tem a sensação de que você estava lendo algo diferente e especial. Martin não se concentrar na batalha épica tradicional entre o bem e o mal, como muitos livros fazem. Eu encontrei-me lendo compulsivamente, incapaz de parar. Embora a trma toda seja longa e complicada. Eu particularmente adorei a estória,apesar de ter sido complexa, era empolgante e envolvente.
Não tem como não comparar com a saga dos anéis do genial e inimitável Tolkien. Se você gosta de Tolkien, ou se você gosta da idéia de uma série de fantasia épica, então você deve pegar "A Game of Thrones 'o mais rápido possível.Situado em um mundo muito parecido com a nossa própria história medieval, especificamente a Guerra das Rosas na Inglaterra. O livro é classificado como fantasia, mas tem muito poucos elementos fantásticos. Este é um mundo onde a magia desapareceu, e apesar de existirem dragões,bruxas e caminhantes brancos e os filhos da floresta, ninguém acredita mais neles. Pelo menos no primeiro livro, nosso foco principal é a intriga na corte.
À medida que a história começa a se desenrolar, o tema se move fortemente na área de intrigas políticas.O elemento de fantasia, sempre desempenha apenas um papel menor no resto do livro. Enquanto todo o livro é escrito em terceira pessoa, cada capítulo se concentra em personagens que estão espalhados pela totalidade do seu mundo.Devido a isso, existem vários pontos da trama e pontos de vista opostos de vários personagens. Os personagens não são necessariamente bons ou maus. Assim, muitos personagens são motivados pela ganância, orgulho e auto-interesse. O que isso diz sobre a diferença entre o bem eo mal no livro foi realmente fascinante para discutir.Normalmente somos atraídos por personagens que são bons e honestos e puros, mas neste livro, não é simples assim.


    

Nenhum comentário:

Postar um comentário